terça-feira, 11 de setembro de 2007

Bíblia McCann


Um dos pormenores apontados pela Polícia Judiciária no relatório intercalar aos McCann é o facto de Kate ter o marcador na sua Bíblia numa passagem que aborda o arrependimento e castigo de Davi, mais propriamente um episódio em que cabe a Samuel anunciar a um homem que o seu filho morreu.


Eis a transcrição integral do Antigo Testamento, Livro de Samuel, capitulo 12, versículos 12 a 23:


12. Porque tu fizeste isto às escondidas. Mas eu farei estas coisas à vista de todo o Israel, e à vista do sol.


13. E Davi disse a Natan: Pequei contra o Senhor. E Natan respondeu a Davi: Também o Senhor transferiu o seu pecado: não morrerás.


14. Todavia, como tu pelo que fizeste deste lugar a que os inimigos do Senhor blasfemem, morrerá certamente o filho, que te nasceu.


15. E voltou Natan para sua casa. E o Senhor feriu de enfermidade ao menino que a mulher de Urias tinha parido a Davi e perdeu-se a esperança de que vivesse.


16. E fez Davi oração ao Senhor pelo menino: e jejuou Davi com rigoroso jejum: e posto em retiro prostrou-se sobre a terra.


17. Vieram porém os oficiais-mores da sua casa instando-lhe muito para que se levantasse do chão: mas ele não o quis fazer, nem comeu com eles.


18. Aconteceu que ao sétimo dia morreu o menino: e os servos de Davi não ousaram dizer-lhe que o menino era morto: porque diziam: Quando o menino ainda vivia, nós lhe falávamos, e não queria ele ouvir-nos: quanto mais se afligirá ele, se lhe dissermos que o seu menino morreu!


19. Davi porém vendo a seus servos em segredinhos, entendeu que o menino era morto: e disse aos seus criados: Porventura é morto o menino? Eles lhe responderam: é morto.


20. Levantou-se pois Davi do chão: e lavou-se e ungiu-se: e tendo mudado de vestido, entrou na casa do Senhor: e o adorou, e veio para sua casa, e pediu que lhes pusessem de comer, e comeu.


21. E os seus servos lhe disseram: Como assim fizeste? Tu jejuaste, e choraste pelo menino, quando ainda vivia: e agora que ele morreu levantaste-te, e comeste.


22. E Davi respondeu; Eu jejuei e chorei pelo menino, enquanto vivo, porque dizia: Quem sabe se talvez o Senhor mo dará e viva o menino?


23. Mas agora que ele morreu, porque que hei de jejuar? Acaso posso eu fazê-lo ainda viver? Mais irei eu para ele, do que ele tornará para mim


2 comentários:

  1. Pedro Cabralsetembro 16, 2007

    Eu adoro ler as tuas opiniões sobre tudo, e até já comentei varias vezes algumas delas. Mas por favor não podes falar sobre outro assunto não é pelas tuas palavras, mas este caso já começa a meter nojo, alias desde o inicio que mete nojo. Por favor fala de outra coisa.

    ResponderEliminar
  2. Caro Pedro,

    Percebo que a exposição mediática que este caso está a ter provoque esse efeito de saturação. Eu só me limito a acompanhá-lo e em fazer chegar até vocês o que faço, ler ou não é já uma decisão vossa. Cumprimentos

    ResponderEliminar

A sua opinião conta. Faça-se ouvir enviando um comentário